Site Overlay

Prancha Água Viva

Prancha Água Viva – Recuperação da Energia Vital 

“   A água que bebem não tem valor energético devido aos produtos químicos que nesta água são obrigatoriamente colocados. Este trabalho (Prancha Água Viva) de recuperar a energia vital, no líquido mais importante do seu planeta, a Água, é muito importante e deveria ser usado por todos os Seres “.(Markiriom, um Ser de Luz, do Comando Estelar de Órion, a bordo da Nave SLANTA)       

    O cristal que o Sr. poderia colocar (na Prancha Água Viva) e que seria o mais indicado, não existe na Terra, é o cristal sete cores, ou cristal azul, então o Sr. poderia colocar um quartzo rosa, se possível em lâmina, onde a água passe por ele, ou entre eles em dois planos, a água passando estreitamente entre eles.

    Somente o quartzo rosa pode trazer de volta, juntamente com toda a sua tecnologia, o valor vital da água da água que o corpo humano deveria consumir, para que sua essência seja mais aproveitada.

    O seu planeta através de projetos como o seu (Prancha Água Viva), terá que passar por um longo caminho de ajustes, de reformulação de procedimentos de vida, onde a preservação da qualidade de vida seja o primeiro objetivo.

    O trabalho que o Sr. pretende fazer novamente (Prancha Água Viva), é um trabalho que todos deveriam ter, usar, porque assim o corpo humano será melhor nutrido do líquido mais precioso que o próprio corpo contém e precisa, Água.  
Audio da mensagem canalizada de Markiriom em 12 de maio de 2022

 

     A finalidade da Prancha Água Viva é aumentar o Índice de Vitalidade da água potável, tornando-a energeticamente similar a água das fontes naturais.  Foi desenvolvida no Programa Ecologia da Mente da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), por uma equipe de cinco pesquisadores.     

                    

 

 

Pedido de Patente da Prancha Água Viva Processo: BR 10 2022 010993 1
Para acessar o estudo realizado durante 6 meses por mim e mais 4 Radiestesistas do Programa Ecologia da Mente da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), clique no link abaixo:

in memoriam Lucia Xavier

ESTUDO UFRJ AGUA VIVA