Site Overlay

Sobre o Autor

Celso J RezendeMeu nome é Celso Antônio Junqueira de Rezende, nasci na cidade de Três Corações, MG, em 1952, sou casado e tenho três filhos. Sou Aviador Naval da Reserva Renumerada da Marinha tendo passado para a Reserva em 2000, no posto de Capitão de Mar-e-Guerra Fuzileiro Naval, quando então era o Chefe da Divisão de Contra Inteligência do Departamento de Inteligência Estratégica do Ministério da Defesa, Brasília, DF.

    Na Marinha destaco as funções de : Comandante de Pelotão e Companhia de Fuzileiros Navais, Encarregado e Instrutor do Curso de Aviação para Oficiais, Instrutor da Escola Naval, Assessor do Comandante Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, Comandante Operativo da aeronave UH-12 e Comandante do Batalhão Logístico de Fuzileiros Navais.

Sou autor do livro “Sobrevivência no Mar“, formado em Engenharia Operacional Mecânica pela Escola Naval, em Engenharia Civil pela Universidade Santa Úrsula e após a passagem para a Reserva, o Curso Superior de Terapias Naturais da Universidade Estácio de Sá na área de Bioenergética.

    Cursei ainda Shiatsuterapia e Eletroacupuntura na Academia Brasileira de Arte e Cultura Oriental (ABACO), Radiestesia, Radiônica, e Bioprogramação na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Hipnose Clínica Avançada no Instituto de Neurolínguistica Aplicada (INap) e Educação em Saúde na Pontífice Universidade Católica (PUC-RJ). Sou Master Degree em Bioeletrografia e membro da International Union of Medical and Applied Bioelectrography (IUMAB).

    Apresentei os resultados de minhas pesquisas e trabalhos nos IV, VI, VII, VIII, IX, X, Congresso Brasileiro de Radiestesia e Radiônica da Associação Brasileira de Radiestesia e Radiônica (ABRAD), em SP.

    Participei do Programa PACEM (Ecologia da Mente) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Campus da Praia Vermelha, atendendo gratuitamente na Oficina de Radiestesia, Radiônica,e Bioprogramação, quando idealizei a Prancha Água Viva.

     Em dezembro de 2014 fui convidado a assistir os trabalhos de Curas Espirituais realizadas pelo Dr. Hermann Koltz num Centro Espírita e fiquei vivamente impressionado com tudo que vi.

    Em 2015 fui autorizado a realizar uma pesquisa com os pacientes do Dr. Hermann, que foi apresentada no X Congresso da Associação Brasileira de Radiestesia e Radiônica  (ABRAD) com o título “ Avaliação Radiestésica e Bioeletrográfica de Curas Espirituais em Centro Espírita” que está disponível em vídeo, neste site.

    Posteriormente, também fui autorizado pelo Dr. Hermann a compilar as técnicas energéticas utilizadas por ele no tratamento de várias patologias e escrevi o livro: “Dr. Hermann Koltz, Ensinamentos Espíritas da Saúde”, que foi publicado  em 2017.

    ,No final de 2017, por sugestão do Dr. Hermann, comecei a participar do Grupo de Estudos Cósmicos conduzido pelo médium Adilson Rocha que canaliza mensagens de Seres altamente evoluídos do Comando Estelar de Órion e novamente autorizado, comecei a escrever o livro: “Comando Estelar de Órion, Mensagens” que é uma síntese da transcrição das gravações das nossas reuniões e atualmente participo ativamente dos trabalhos na ‘Câmara de Regeneração Celular”, atendendo pacientes com todos os tipos de patologia.

Despedida do CMG(FN) Rezende do Ministério da Defesa, Brasília, DF

Ao Capitão de Mar-e-Guerra (FN) Celso Antônio Junqueira de Rezende

    Neste momento, com a presença dos Oficiais Fuzileiros Navais, estamos reunidos no Ministério de Defesa, tomados do sentimento de camaradagem e amizade, para nos despedirmos do Comt. Rezende que, decidiu afastar-se do Serviço Ativo da Marinha, por vontade própria.

É tarefa árdua a tentativa de sintetizar num breve relato toda sua contribuição para a nossa Marinha, particularmente para o Corpo de Fuzileiros Navais, por mais de 30 anos.

A carreira começou para aquele jovem Guarda-Marinha de Três Corações, MG com a inesquecível Viagem de Instrução pelos portos americanos e europeus. Ao regressar da viagem, em 1975, é designado para o Comando do 2º Pelotão de Fuzileiros Navais da 2ª Companhia do Batalhão Riachuelo, de onde certamente importantes ensinamentos colheu para aplicar ao longo da sua carreira. Nesta mesma Unidade, foi Comandante do Pelotão Anti-Carro, Imediato e Comandante de Companhia, além de ter recebido Citação Meritória pela conclusão com aproveitamento do Basic Extension Course do USMC, por correspondência. Em 1977, foi promovido a 1º Tenente, mesmo ano que nasceu seu primeiro filho Claudio Antônio Moraes Rezende.

Em 1978, uma nova atividade marcaria sua vida profissional, com a inscrição no Curso de Aperfeiçoamento de Aviação para Oficiais, a esta realização somou-se o fato precioso da vida com o nascimento de Marco Antônio Moraes de Rezende. Como Aviador Naval serviu no Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (HU-1), e no Centro de Instrução e Adestramento Aeronaval como Instrutor e Encarregado do Curso de Aviação para Oficiais.

Em 1983, é matriculado no Curso de Aperfeiçoamento Avançado de Operações Anfíbias, no mesmo ano que nasceu sua filha Cintia Fernanda Moraes de Rezende. Após o curso, apresentou-se no Batalhão Paissandu, onde contribuiu significativamente para a Unidade, conforme pode-se verificar nos agradecimentos consignados em seus assentamentos.

Em 1984, cruza novos mares em sua singradura, numa nítida demonstração da elevada confiança depositada pela Alta Administração Naval, apresenta-se na Escola Naval (EN), onde assumiu a função de Instrutor do Departamento de Fuzileiros Navais, chegando inclusive a chefiá-lo. Durante os cinco anos na EN, exerceu a instrutoria de nove disciplinas e executou relevante trabalho sobre “Sobrevivência no Mar”, considerado pelo então DGPM, como publicação obrigatória das Bibliotecas de todas as OM ligadas ao Sistema de Ensino Naval. Sua comissão seguinte foi na Guarnição do Quartel-General do Corpo de Fuzileiros Navais, após a qual, foi desligado para realizar o Curso de Comando e Estado-Maior da Escola de Guerra Naval.

De 1993 a 1995, serviu nas Divisão de Instrução e Organização do Departamento de Recursos Humanos do Comando Geral do Corpo de Fuzileiros Navais.

Em 15 de fevereiro de 1996 assumiu o Comando do Batalhão Logístico de Fuzileiros Navais, o momento da carreira de maiores desafios e também de expressivas realizações.

Em 1998, foi transferido para o Ministério da Defesa, Brasília, DF, para exercer a função de Chefe da Divisão de Contra-Inteligência Estratégica, do Departamento de Inteligência Estratégica. Hoje ao despedir-se dos companheiros no Ministério da Defesa, fique certo Comt. Rezende, que tão eloquente quanto as opiniões sistemáticas e substanciosas expressas por seus ex-Comandantes, em diversos agradecimentos, são as manifestações de respeito, confiança e credibilidade junto aos seus pares, superiores e subordinados, por sua coerência e profícua vida profissional.

Felicidades, Bons Ventos e Tudo pela Pátria.

 

Meu Voo Solo e Batismo de Óleo, Comando da Força Aeronaval, Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia-Dez/1978